Dia do Folclore – 22 de Agosto

143

No início, o folclore não tinha esse nome. O que conhecemos hoje como “folclore” era, na verdade, o conjunto das histórias, lendas, danças, rituais e canções observáveis na tradição oral e/ou escrita de um povo. Especialmente na oral, transmitida através do “boca a boca”, de geração em geração, porque as pessoas do povo muitas vezes não eram sequer alfabetizadas antigamente.

O reconhecimento do folclore se deu através dos irmãos Grimm, que descobriram a diferença existente entre a cultura do povo e a cultura das classes mais elevadas. Esses irmãos alemães, inclusive, registraram várias das fábulas presentes no folclore de seu país, que serviram de inspiração, por exemplo, para nossa literatura infantil e para nosso próprio folclore.

Boto

Como dá para perceber, o folclore sempre existiu. E embora tenha nascido da tradição popular, acabou se misturando ao mundo da cultura erudita, ou seja, da cultura das pessoas mais instruídas. Um exemplo muito conhecido entre nós é o de Monteiro Lobato, que transformou o imaginário do povo em matéria-prima para suas obras, muito apreciadas pelos grandes estudiosos e pelas pessoas mais simples do Brasil.

São muitas as figuras que enriquecem o nosso folclore. O Boitatá, uma cobra que devora aqueles que destroem a floresta, é uma lenda de origem indígena. No Amazonas, acreditava-se que o Boto se transformava em homem e seduzia as mulheres; essa lenda existia para justificar a gravidez fora do casamento. O Maracatu é uma manifestação cultural típica de Pernambuco que mistura as tradições indígena, europeia e africana.

Maracatu

Grande parte daquilo que chamamos de folclore na verdade não tem um autor ou uma origem única. Foi criado e transformado, ao longo dos tempos, pelas pessoas do povo, para explicar fenômenos naturais, sobrenaturais ou ensinar lições de moral às crianças. Nosso folclore, como o de qualquer nação, é uma colcha de retalhos composta por diversas tradições; no nosso caso, a indígena, a portuguesa, a africana e a europeia. Por isso nossa cultura popular é tão rica e deslumbrante.

 

Acompanhe a HAK Aviamentos nas redes sociais: Twitter | Facebook.

 

 hak.com.br

O que você achou?
  • não gostei
  • poderia ser melhor
  • curti
  • adorei
  • nota 10

Envie sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>